Radiolife apresenta ao Lacen resultados de testes clínicos realizados no Laboratório 

Radiolife apresenta ao Lacen resultados de testes clínicos realizados no Laboratório 

Radiolife apresenta ao Lacen resultados de testes clínicos realizados no Laboratório 

Em reunião online nesta segunda-feira (19/4), a Radiolife apresentou ao Laboratório Central do Espírito Santo (Lacen) os resultados da eficácia do Cube Scan, aparelho para diagnóstico de Covid-19 em desenvolvimento na empresa e cujos testes clínicos foram realizados no Laboratório no último mês de março. Ao todo, foram processadas 1357 amostras no Cube Scan. As mesmas amostras foram submetidas ao exame RT-PCR e a equivalência de resultados entre os dois métodos foi de 99,7%. 

Entre os 1357 exames processados, 493 deram positivo e 864, negativos. Os testes também incluíram amostras das variantes britânica (B 1.1.7) e brasileira (P1). Nesses casos, a performance do Cube Scan também foi eficiente. A Radiolife solicitou à Sesa um volume maior de amostras das variantes para reforçar a eficiência encontrada.

A apresentação dos resultados dos testes clínicos contou com a presença do secretário estadual de Saúde do Espírito Santo, Nésio Fernandes, do diretor do Lacen, Rodrigo Rodrigues e dos co-fundadores da Radiolife e criadores da tecnologia, Sérgio Schirmer e Willians Dias. O secretário estadual de Saúde afirmou: “O estado vai ser parceiro de vocês, esperamos proporcionar a devolutiva depois”. 

Equipamento em desenvolvimento na Radiolife para diagnóstico de Covid-19, o Cube Scan utiliza tecnologia baseada em radiofrequência. O teste não usa reagentes e não precisa ser processado em ambiente laboratorial. O resultado sai na hora e a solução é portátil. Isso significa que ela poderia ser utilizada em escolas, aeroportos, estádios e eventos, contribuindo para a segurança na realização de diversas atividades.

Próximos passos

A parceria firmada entre a Radiolife e o Lacen no dia 29 de janeiro viabilizou a realização dos testes clínicos e agora terá novos passos: ensaios para o diagnóstico de Covid-19 a partir da saliva. A equipe da Radiolife já previa o diagnóstico também a partir desse tipo de amostra. “Agradecemos a oportunidade, será excelente realizar os testes no Lacen e dar continuidade a essa parceria”, analisou o responsável pela Divisão de Engenharia e co-fundador da Radiolife, Willians Dias. 

Além dos testes com amostras de saliva, a equipe da Radiolife explicou sobre as tratativas para comercialização do equipamento. “Estamos fazendo o processo de registro junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Quando aprovado, iniciaremos a comercialização do produto”, disse o CEO e co-fundador da Radiolife, Sergio Schirmer. 

Saiba mais sobre o Cube Scan: https://radiolife.co/conheca-o-cubescan/

Questions? Comments? Concerns? Contact us for more information. We’ll quickly get back to you with the information you need.

198

0
pt_BRPortuguese